2005/09/03

Paixão...

o Sol
e
a Lua
...não se conheciam…

...de dia o Sol sonhava
com o escuro
e o breu...
enquanto
...de noite sonhadora a Lua
lembrava a vida
e a luz...

o Vento
que tão bem os conhecia...
...............................................
falou ao Sol
de sua amiga
brilhante e prateada
que com as estrelas brincava
às escondidas no céu.

o Sol curioso
foi ouvindo
...o Vento casamenteiro
falando
de envergonha menina
que de noite tarefa certeira cumpria...
apaixonando felizes
aqueles que se deixavam banhar
por seu lindíssimo luar.

o Sol ficou pensativo
E continuou a sonhar...

o Vento
que tão bem os conhecia...
...............................................
falou à Lua
de seu amigo
alegre e sorridente
que com as nuvens desenhava
bonitos suspiros no céu.

a Lua encantada
foi ouvindo
...o Vento casamenteiro
falando
de sorridente rapaz
que de dia tarefa certeira cumpria...
despertando felizes
aqueles que o deixavam entrar
pelas janelas em seu lar.

a Lua ficou pensativa
e continuou a sonhar...

Um dia...
...suavemente soprou o Vento
...e...
Com seu sopro suavíssimo
Os dois aproximou.

Lua e Sol
Se depararam...
...olhando-se
percebendo
que seus brilhos
completavam seus intentos.

abraçados noivaram
e seus desejos cumpriram
....mas...
...enquando o céu se matizava
e
...a madrugada se fazia
de mãos dadas se passeiavam
Lua e Sol
Em harmonia.

létinha setembro de 2005

26 Comments:

Anonymous Anónimo said...

I surf for interesting blogs, and came across your blog here.
Good stuff. Keep it going!

SHOCKING Mesothelioma
blog. It contains INTERESTING stuff about Mesothelioma.
Come and check it out if you dare ;-)

sábado, 03 setembro, 2005  
Blogger Sozinho... said...

Bonito eclipse...
É optimo ver como até o que parecia ser impossível se pode realizar.
Terminei de ler com um sorriso nos lábios. Gostei!
Beijinho

sábado, 03 setembro, 2005  
Blogger Black Cat Thirteen said...

está fofo.

sábado, 03 setembro, 2005  
Blogger Kish said...

ta nito

sábado, 03 setembro, 2005  
Blogger Nina said...

Adorei Letinha :)

Beijinhoo :)

sábado, 03 setembro, 2005  
Blogger Lumife said...

Minha querida amiga não me devo ter expressado bem no comentário a que te referes.

Tanto naquele como neste assim como em todos os textos teus só tenho uma palavra : belìssimos!

As tuas melhoras pois calculo pelas tuas palavras que o campo de tratamento deve ser doloroso.

Bjs.

sábado, 03 setembro, 2005  
Blogger salseira said...

lindissimo ;)

é por isso que o por do sol é lindo! Porque é quando dois apaixonados se unem! ((:

ta lindissimo o poema! MESMO! e tambem devia haver um vento aqui na terra :P loool

sábado, 03 setembro, 2005  
Blogger Cristina said...

bonita imagem
beijinho e bom fim de semana :)

sábado, 03 setembro, 2005  
Blogger Mitsou said...

Adorei! Gosto muito de aqui vir mas infelizmente o tempo (e a tecnologia) conspiram contra essa minha vontade. Um beijinho e bom fds!

sábado, 03 setembro, 2005  
Blogger vero said...

Está lindo létinha! Obrigada pelo comentário no meu blog!
Bjs e tudo de bom!!!
:)
Vero.

sábado, 03 setembro, 2005  
Blogger Alguém said...

obrigado!
mas não sou poéta, aquilo lá é uma música, tbm gosto de poesia ma só lei em blogs não lei livros de poesia q seguem regras, acho chato, adorei a sua

sábado, 03 setembro, 2005  
Blogger Lumife said...

Ainda voltei porque por coincidência encontrei este poema num blog brasileiro:

O Sol e a Lua

Quando o SOL e a LUA se encontraram pela primeira vez,
se apaixonaram perdidamente
e a partir daí começaram a viver um grande amor.
Acontece que o mundo ainda não existia
e no dia que Deus resolveu criá-lo,
deu-lhes então o toque final... o brilho !
Ficou decidido também que o SOL iluminaria o dia
e que a LUA iluminaria
a noite, sendo assim,
seriam obrigados a viverem separados.

Abateu-se sobre eles uma grande tristeza
quando tomaram conhecimento
de que nunca mais se encontrariam.

A LUA foi ficando cada vez mais amargurada,
mesmo com o brilho que Deus havia lhe dado,
ela foi se tornando solitária.

O SOL por sua vez havia ganhado
um título de nobreza "ASTRO REI",
mas isso também não o fez feliz.

Deus então chamou-os e explicou-lhes:
Vocês não devem ficar tristes,
ambos agora já possuem um brilho próprio.
Você LUA, iluminará as noites frias e quentes,
encantará os enamorados
e será diversas vezes motivo de poesias.
Quanto a você SOL, sustentará esse título
porque será o mais importante dos astros,
iluminará a terra durante o dia,
fornecerá calor para o ser humano
e a sua simples presença fará as pessoas mais felizes.
A LUA entristeceu-se muito com seu
terrível destino e chorou dias a fio...
já o SOL ao vê-la sofrer tanto,
decidiu que não poderia deixar-se
abater pois teria que dar-lhe forças e ajudá-la
a aceitar o que havia sido decidido por Deus.
No entanto sua preocupação era tão grande
que resolveu fazer um pedido a ELE:
Senhor, ajude a LUA por favor,
ela é mais frágil do que eu,
não suportará a solidão...
E Deus em sua imensa bondade criou então
as estrelas para fazerem companhia a ela.

A LUA sempre que está muito triste
recorre as estrelas que fazem de tudo
para consolá-la, mas quase sempre não conseguem.

Hoje eles vivem assim... separados,
o SOL finge que é feliz, a LUA não
consegue esconder que é triste.

O SOL ainda esquenta de paixão pela LUA
e ela ainda vive na escuridão da saudade.

Dizem que a ordem de Deus era que a LUA
deveria ser sempre cheia e luminosa,
mas ela não consegue isso....
porque ela é mulher, e uma mulher tem fases.
Quando feliz consegue ser cheia,
mas quando infeliz é
minguante e quando minguante nem sequer
é possível ver o seu brilho.

LUA e SOL seguem seu destino,
ele solitário mas forte,
ela acompanhada das estrelas, mas fraca.
Humanos tentam a todo instante conquistá-la,
como se isso fosse possível.
Vez por outra alguns deles vão até ela
e voltam sempre sozinhos, nenhum deles
jamais conseguiu trazê-la até a terra,
nenhum deles realmente conseguiu conquistá-la,
por mais que achem que sim.


Acontece que Deus decidiu que
nenhum amor nesse mundo seria de todo
impossível, nem mesmo o da LUA e o do SOL...
e foi aí então que ele criou o eclipse.
Hoje SOL e LUA vivem da espera desse instante,
desses raros momentos que lhes foram concedidos
e que custam tanto a acontecer.
Quando você olhar para o céu a partir de agora
e ver que o SOL encobriu a LUA
é porque ele deitou-se sobre ela e começaram a se amar
e é ao ato desse amor que se deu o nome de eclipse.
Importante lembrar que o brilho
do êxtase deles é tão grande que
aconselha-se não olhar para o céu nesse momento,
seus olhos podem cegar de ver tanto amor.

Bem, mas na terra também existe sol e lua...
e portanto existe eclipse....
mas essa era a única parte da história
que você já sabia, não era?

Beijinhos do Lumife

sábado, 03 setembro, 2005  
Anonymous Anónimo said...

Ohhhhh...o sol e a lua! Como eu gosto! :)
Beijo*

sábado, 03 setembro, 2005  
Blogger Lina said...

Olá Létinha, tocaste no meu tema favorito, o sol e a lua e qd por alguma razão os dias não me correm bem, logo me salta a à mente, nem sol, nem lua. Este eclipse é lindissimo.
Beijinhos e bom fim de semana

sábado, 03 setembro, 2005  
Blogger O Universalista said...

Este comentário foi removido por um gestor do blogue.

sábado, 03 setembro, 2005  
Blogger Daniel Aladiah said...

Querida Létinha
Só um tem luz própria, mas não fora o outro, ela nunca de se reflectiria...
Um beijo
Daniel

sábado, 03 setembro, 2005  
Blogger Adryka said...

Létinha mas que lindo que tu escreveste querida, gosto muito de ti e gosto de te ver por cá. beijinhos amiguinha

sábado, 03 setembro, 2005  
Anonymous Shê said...

Oi, Letinha!

Passei aqui para retribuir sua visita, conhecer seu cantinho e dizer que fiquei encantada com tudo que li :0)

Beijo e um ótimo fim de semana!

sábado, 03 setembro, 2005  
Blogger in_finito said...

Muito bonito este teu romance do Sol e da Lua! Há uma hora em que se encontram mesmo. :)

sábado, 03 setembro, 2005  
Blogger paper life said...

Bonito, Létinha.

Quem dera!

Um beijo. :)

domingo, 04 setembro, 2005  
Blogger batista filho said...

Santo Antonio casamenteiro já conhecia: vento casamenteiro nem tanto... mas Létinha casamenteira?! e põe casamenteira nisso!!! unir dessa forma Lua e Sol, hem?

domingo, 04 setembro, 2005  
Anonymous Friedrich said...

Áh paixão quanta luz tu escondes por trás dessa tua incandescência...

Acho que a minha inspiração está de férias, já estou a ficar impaciente com a sua ausência e preocupado ao mesmo tempo, porque não tinha nenhuns euros com ela, nunca mais regressa e estou precisando tanto dela, para continuar e concluir o romance!

Beijos

domingo, 04 setembro, 2005  
Blogger romero said...

ques sencillo, precioso demas :)
besitos

domingo, 04 setembro, 2005  
Blogger reverse said...

Passaste pelo meu blog, agora passei pelo teu. Não conhecia mas agora vou passar a visitar-te. Adorei este poema e também li os outros. Continua a visitar-me. És bem vinda.
Bjinhos

domingo, 04 setembro, 2005  
Blogger JPD said...

Está uma delícia.
Bjs

domingo, 04 setembro, 2005  
Anonymous Anónimo said...

Where did you find it? Interesting read depakote computer software downloads Risperidol and wellbutrin side effects winsor pilates sex toys 307 cabriolet peugeot inexpensive large area rugs baccarat Ambien informationimgpayday-loan.gif men who wear a bra saab of greenwich Order adipex p online Oil canvas digital printing Colour laser printer review

quarta-feira, 25 abril, 2007  

Enviar um comentário

<< Home