2005/09/05

Rosinha...

Conhecemo-nos
Nas carteiras
Do secundário.

Menina-mulher
...misteriosa para muitos...
...sempre tansparente para mim.

amiga
inteligente
simples
solidária
sensível
e
muito humana
é desta forma
que te descrevo.

adoeceste...
e
ao mesmo tempo
...a minha limitação.

...nunca te pude
dizer estas palavras...
que hoje te escrevo.

...não mais te pude ver.

...não mais pude usufruir
da tua serenidade
e
tranquilidade
tão curiosas.

sempre te penso...
.............................
nunca eras...
sempre serás.

tal como todos aqueles a quem muito amei
e
partiram
sem me avisar.

létinha setembro de 2005

30 Comments:

Blogger IsaMar said...

Partiu em te avisar...que dor deve nascer ter nascido no teu coração.

segunda-feira, 05 setembro, 2005  
Blogger salseira said...

às vezes a vida prega-nos partidas desse tipo. Tudo o que temos de fazer é manter as recordações vivas! É erguer a cabeça e não deixar que a memória se vá.

Quando ali vi Rosinha assustei-me :P*

beijinhos pra ti, meu doce (:

segunda-feira, 05 setembro, 2005  
Anonymous Anónimo said...

É verdade, somos alguns sagitários aqui no blogspot. Ao que consta, somos nós os sagitários quem somos mais propensos a fazer blogs pois somos os mais expansivos e comunicativos!
Expansivo e acima de tudo expressivo é o teu post! Sinto algum pesar nas tuas palavras e também uma profunda tristeza por não poderes falar com a pessoa que perdeste.

Já agora, não é a Morsa, é o Morsa.

Beijokinhas grandes

segunda-feira, 05 setembro, 2005  
Blogger anatema said...

Querida amiga: Gracias por entrar en mi blog.

Me sorprende tu poesía tan minimalista y bella. Tienes un gran estilo poético, además de una gran sensibilidad para describir sentimientos.

Yo también tengo una hija, el próximo día 10 cumplirá 26 años.

Un beso.

segunda-feira, 05 setembro, 2005  
Anonymous Di said...

Não sei como me descobriste, mas ainda bem que descobriste...adorei o que escreveste...uma lição para muitos: nunca deixes para amanhã o que podes fazer hoje!
Beijo

segunda-feira, 05 setembro, 2005  
Blogger romero said...

Recorde con tu ese poema, lo tiempo de niño :) que bonito.
besos

segunda-feira, 05 setembro, 2005  
Blogger paper life said...

Eu guardo dentro em mim os que partiram e como me acompanham se me sinto só!

na verdade com e por causa deles, nunca o estou realmente.

Beijos.

:)

segunda-feira, 05 setembro, 2005  
Blogger BloodyMary said...

O destino às vezes prega-nos estas partidas!...
Mas a melhor maneira de ter junto de nós essas pessoas que nos disseram tanto é, sem dúvida, guardando-as na nossa memória!
Muito bonito létinha!
Bjo*

segunda-feira, 05 setembro, 2005  
Anonymous Anónimo said...

Es tu que escreves isso?
Está bonito...
no meu caso...acho que nao tenho tanto jeito para escrever ,... :(

segunda-feira, 05 setembro, 2005  
Blogger Julio said...

Olá, letinha, com muito prazer que venho te visitar novamente e ler mais este poma de saudades... Hum, saudades... matei as minhas esse final de semana pois fui visitar minha amada, mas agora já estão se renovando as saudades... que pena... mas logo irei me casar... já estamos noivos... Um grande abraço e tudo de bom...

segunda-feira, 05 setembro, 2005  
Blogger adesenhar said...

:(

segunda-feira, 05 setembro, 2005  
Blogger Lumife said...

É o lado cruel mas inevitável da vida.

O teu adeus na recordação marca os teus sentimentos.

Bjs.

segunda-feira, 05 setembro, 2005  
Blogger Claudia Perotti said...

Querida,

Lindas as tuas letras ... fico sensibilizada e extasiada de como escreves.

Estarei linkando-te para acompanhá-la de perto.

Beijos

segunda-feira, 05 setembro, 2005  
Blogger Maria Papoila said...

As pessoas que amamos só partem se as esquecermos!
Lindo, o teu poema.

segunda-feira, 05 setembro, 2005  
Anonymous Paulo McChina said...

Desculpa.
Cheguei de férias e só agora pude escrever algo.
Não sei usar as palavras como tu, mas só, ter o prazer de as ler, alegra-me o ser.
Obrigado.

segunda-feira, 05 setembro, 2005  
Blogger reverse said...

"Aqueles que amamos nunca morrem, apenas partem antes de nós"

segunda-feira, 05 setembro, 2005  
Blogger in_finito said...

E continua a viver, já que guardaste em ti essas recordações!

segunda-feira, 05 setembro, 2005  
Blogger Carlos Barros said...

apetece dizer...não fujas.

segunda-feira, 05 setembro, 2005  
Blogger JPD said...

Mesmo correndo o risco de repetir ideias, o melhor de uma relação, de amizade, de que grau for, é a conservação das memórias...para o presente, para o futuro.
Bjs
(Escreves bem. Até parece teleponto de TV...Óptimo encadeamento!)

segunda-feira, 05 setembro, 2005  
Blogger Squeezy said...

qdo li rosinha tb pensei que fosse pra "esta" rosinha!!!

segunda-feira, 05 setembro, 2005  
Blogger Lina said...

Deixo-te um beijo solidário Létinha

terça-feira, 06 setembro, 2005  
Blogger lualil said...

Há pessoas que ficam para além do tempo,para além de tudo!
beijos

terça-feira, 06 setembro, 2005  
Blogger TMara said...

lamento a perda. Bjs

terça-feira, 06 setembro, 2005  
Blogger Isabel-F. said...

é sempre triste qdº alguém que amamos parte...

Bjs

terça-feira, 06 setembro, 2005  
Anonymous batista filho said...

A solidariedade de quem tem muitos por quem lembrar com amor... um beijo.

terça-feira, 06 setembro, 2005  
Blogger adesenhar said...

:( lamento :(

terça-feira, 06 setembro, 2005  
Blogger Anna^ said...

Que lindo hino à amizade!
E os que amámos só partem se os esquecermos!

Bjkoa grande ":o)

quarta-feira, 07 setembro, 2005  
Anonymous Anónimo said...

Bonitas palavras! Bela homenagem e belos sentimentos q trazes dentro de ti! :)
Beijo*

quinta-feira, 08 setembro, 2005  
Anonymous Anónimo said...

Cool blog, interesting information... Keep it UP »

quinta-feira, 01 março, 2007  
Anonymous Anónimo said...

Looking for information and found it at this great site... video editing schools

quinta-feira, 15 março, 2007  

Enviar um comentário

<< Home