2005/09/08

Minha Querida…

Minha Querida Didinha…
não sei se no dia oito de Setembro,
chovia ou fazia sol...
...não importa!

...sei apenas que nasceste
e
que nessa época despertaste em mim
terríveis ciúmes.

bisneta única,
neta única,
filha única,
sobrinha única
...comecei pela primeira vez
a conjugar o verbo dividir.

é verdade...
partilhei...
os mimos que eram só meus...
os colos doces...
as prendas que eram só para mim...
....................
...o Amor.

nesse momento não entendi a importância da tua chegada,
(como estava enganada!...)

...não!!!
porque não tivesse sido preparada,
para o bébé que iria chegar...
...andava muito entusiasmada,
.................................
...mas...
porque também não nasceste menino...
para comigo jogar à bola,
correr pelos parques
e
trepar às árvores.

...até escolhi um nome para ti...
Hilário Ferreira,
o nome de quem gostava muito
e
que era um velho conhecido da família.

hoje quando nisso penso até me arrepio...
que nome “feiinho”,
para uma menina tão linda!

...mas voltemos ao ontem...
...........................
o menino nasceu menina
e
a todas as horas ecoava pelo Pavilhão
........................”...que linda menina!”

...mais tarde
chegada a casa..
o eco soava ainda mais alto...
“...que menina tão linda!”.

essas expressões apagavam do meu rostinho... os meus sorrisos.
e
...corria para o jardim...
procurando o meu consolo...
...........................
................os gatos...
a quem cortava os bigodes.

pobres!
Foram eles as vítimas da “traição”...
que me tinha sido imposta.

...na verdade foi horrível o meu crime
e
ainda actualmente
...peno...
e
...desespero...
por tais atrocidades cometidas!

a Didinha foi crescendo
...e...
sofrendo...

...uma chupeta que desaparecia,
as voltas e “reviravoltas” ao bercinho,
um dedito “espetado” em seus olhinhos
alguns “tautaus” pequeninos...
e
quantas vezes “papagaiada” a expressão...
...................“...a menina é feia!”.

o tempo,
...senhor dos anos...
...meses
...dias
...horas
...minutos
e
...segundos
tudo alterou!

com o passar dos anos,
ninguém na rua se atrevia a pôr a mão num cabelo da menina...
pois
... a corsária
...a líder
...a maria-rapaz... a quem todos obedeciam
tinha decretado uma lei.

a menina passou a ser considerada um tesouro...
(salvo alguns “atropelamentos” próprios das discórdias entre manas).

porém...
eras...
tão boazinha,
tão querida,
tão pacífica,
tão terna e serena...
que até me causava mal estar
algumas das maldades
...que te pregava.

a vida foi-se construindo e tomámos os nossos rumos...
depressa passámos das carteiras da escola primária
...ao fim da faculdade.

os anos iam passando,
a nossa amizade acontecendo... como maré que sobe sem nunca esvaziar.

aproximámos,
unimo-nos,
... “geminámos”.

...quero-te e amo-te da forma mais bonita que algum dia poderia imaginar.

mulher te fizeste
e
o teu amor pelos outros cresceu,
a tua solidariedade aumentou,
o teu espírito de partilha fortaleceu-se,
a tua compreensão intensificou-se,
a tua bondade elevou-se
...e...
a simplicidade,
a verdade,
a honestidade,
a rectidão
e
a clareza
tornaram-se teus predicados imperativos.

a minha Didinha é uma das maiores riquezas que eu guardo no meu baú...
junto ao arco-íris,
ao sol,
à lua,
às estrelas,
às flores,
aos perfumes,
ao néctar
e
...às palavras que nele guardo.

Parabéns Didinha pelo teu aniversário... adoro-te!

létinha 8 de setembro de 2005

35 Comments:

Blogger batista filho said...

Parabéns, Didinha!... inclusive pela beleza de irmã que tens "HOJE"! (cá pra nós: como era levadinha, hem?).
Beleza de poema, beleza de homenagem: valeu, amiga!

quinta-feira, 08 setembro, 2005  
Anonymous Paulo McChina said...

Deves estar super feliz, aliás a julgar pelo texto, não se pode, em termos familiares e afectivos pedir-se mais.

quinta-feira, 08 setembro, 2005  
Blogger Nelsinho said...

Um beijo à Didinha...
E outro para ti, Letinha, por dividires conosco de forma poética, tuas alegrias e sentimentos.

Nelsinho

quinta-feira, 08 setembro, 2005  
Blogger Pólux said...

Bonito!

Parabéns a ambas.

'jinhos

quinta-feira, 08 setembro, 2005  
Blogger salseira said...

é lindo o amor assim. É raro ver-se irmãos unidos!

então confessa lá o que é que fazias à menina? ;) [e convenhamos que hilário ferreira nao era de todo um nome bonito :P]

quinta-feira, 08 setembro, 2005  
Blogger Isabel-F. said...

LIndo Létinha...

Parabéns à Didinha... e parabéns à mana tb

Bjs

quinta-feira, 08 setembro, 2005  
Blogger in_finito said...

Parabéns à Didinha e a ti por seres umna irmã tão dedicada. Guerras e ciúmes entre irmãos, quem não os tem na infância? :)

quinta-feira, 08 setembro, 2005  
Anonymous Bitu said...

Parabéns para ambas. É muito bonito ver uma boa relação entre irmãos. Feliz de quem os tem. Bjs

quinta-feira, 08 setembro, 2005  
Anonymous Malu e Akil said...

Olã !!!
Tmb temos um bloguxo e vivemos em Lisboa. Já amt tempo que procurava mães blogeiras de Portugal e nada.
Fiquei mt feli em saber que afinal temos amigos aki bem perto de nós.
Beijão e com certeza voltaremos mais vezes.

quinta-feira, 08 setembro, 2005  
Anonymous Anónimo said...

Que surpresa agradável!
Embora esteja habituada às tuas incontáveis «surprises», conseguiste que uma lágrima surgisse no canto do meu olho! Também eu te amo, mana AMIGA.
Que maravilha ter uma mana tão especial da qual me orgulho e... me deixa a toda a hora «babada»!
Quanto ao passado...acredita que está resolvido pois aturar-me paga uma vida de tortura...lol.
Adoro-te!!!
Di

quinta-feira, 08 setembro, 2005  
Blogger romero said...

Bueno cumpleaños a Didinha y que poema gracioso tu la regalaste :))
Besitos

quinta-feira, 08 setembro, 2005  
Blogger wind said...

Que poema bonito fizeste à tua mana Didinha:) Parabéns para ela e beijos para as duas:)*

quinta-feira, 08 setembro, 2005  
Blogger maresia said...

(L)

quinta-feira, 08 setembro, 2005  
Anonymous kabum said...

Bonito...

quinta-feira, 08 setembro, 2005  
Blogger Nilson Barcelli said...

Parabéns, ainda que atrasados, à tua irmã.
Beijinhos

quinta-feira, 08 setembro, 2005  
Blogger Lumife said...

Por certo o que de melhor foi como prenda no aniversário da mana.

Parabéns a ambas.

obrigado por partilhares connosco tudo quanto te vai na alma.

Bjs.

quinta-feira, 08 setembro, 2005  
Blogger soldeinverno said...

isso faz-me lembrar alguma coisa... tenho uma irmã mais nova 6 anos... pensei que tivesse sido eu a escrever este texto de tão igual que me sentia... Parabéns para ela e jinhuz pa ti...

quinta-feira, 08 setembro, 2005  
Blogger The Humanity Critic said...

good post. Just passing through, cool blog by the way.

quinta-feira, 08 setembro, 2005  
Blogger Nina said...

Conseguiste fazer soltar uma lágrima no canto do meu olho ...adorei :)

Beijinho

quinta-feira, 08 setembro, 2005  
Blogger JPD said...

Belos anos de comunhão, seria o títul escolhido para esta tua edição.
Bjs

quinta-feira, 08 setembro, 2005  
Blogger reverse said...

Escreveste um poema lindo para a tua mana. Parabéns para ela também.
Bjs.

quinta-feira, 08 setembro, 2005  
Blogger Carmem L Vilanova said...

Amiga Letinha! Um grande beijo para tua querida Didinha... que ela seja sempre muito feliz!
Hoje também é um dia feliz e festivo aqui por casa, é dia do aniversário do amor da minha vida, meu esposo... assim que ambas estamos de parabéns!
Já te linkei em definitivo e já nao te perco de vista outra vez!
Beijos e sorrisos, minha querida!

sexta-feira, 09 setembro, 2005  
Blogger lualil said...

Lindo de se ver! Parabéns a ti e a didinha!!
beijos

sexta-feira, 09 setembro, 2005  
Anonymous Mily said...

Adorei tua visita, Letinha. Tua atenção e carinho sensibilizou-me profundamente. Vim agradecer e me deparo com esse recanto tão acolhedor, de poesias tão lindas, e de um calor humano que nos faz desejar ficar mais um tiquinho de tempo apreciando cada postagem. Amei suas poesias, seu jeito diferente de versejar. Entre tantas, destaco a que foi dedicada a teus filhos André e Tiago (amo estes nomes), bem como aquela que fizeste para os amigos blogueiros. São todas muito sensíveis e retratam bem seu jeito meigo e doce de tratar as pessoas. Essa poesia dedicada à sua irmã, me comoveu profundamente. Venho de família numerosa e adoro minha família. Nunca fiz nenhuma "maldade" com nenhuma delas... risos, mas também éramos em número de oito...imagina só! A gente logo se acostumou a receber mais uma irmã. Desculpe a intimidade, mas já me sinto em casa aqui no teu blog, tal o carinho que aqui senti. Virei sempre visitá-la, com o maior prazer, e espero recebê-la outras vezes. Deixo-te um beijo e um afago, com sinceros agradecimentos e votos de muitas alegrias em tua vida. Fica em paz! Fica com Deus.

sexta-feira, 09 setembro, 2005  
Blogger Maria Papoila said...

Sou filha única e nunca tive vontade de ter irmãos, mas estas tuas palavras fazem-me pensar se ainda irei a tempo de encomendar um!!
Liindooo!

sexta-feira, 09 setembro, 2005  
Blogger Lina said...

Létinha, parabéns a ti pela tua sensibilidade, parabéns à mana pelo seu aniversário, ainda que tenha chegado atrasada um dia.
Beijnhos

sexta-feira, 09 setembro, 2005  
Anonymous Anónimo said...

Que homenagem tao bonita! Estou deliciada! :)
Parabens a Didinha.
Um beijo*

sexta-feira, 09 setembro, 2005  
Blogger Claudia Perotti said...

Linda homenagem!
Bom final de semana!

Beijinhossssssss

sexta-feira, 09 setembro, 2005  
Anonymous Myself said...

Uau, que lindo!!!
Amei teu blog!
Parabéns!

sexta-feira, 09 setembro, 2005  
Blogger PP said...

Um beijinho Létinha, para ti e para a tua Di. Curiosamente, vieste dar-me os parabéns, no mesmo dia em que ela faz anos :o). A Di e eu nascemos no mesmo dia do ano!

Muito obrigada e um beijinho.

sábado, 10 setembro, 2005  
Blogger Luís Monteiro da Cunha said...

Sim...

Estou a cuscar e a gostar...

possivelmente terei de te linkar.

Belo o que sentes pela mana.
Jinho pra ela e pra ti tb.

segunda-feira, 26 setembro, 2005  
Blogger cate said...

Quem diria que as manas mais doces não tinham tido sempre a bonita relação que conhecemos?
Mas conhecer estes "pecaditos" tantos anos depois tem a sua graça.
E também nos faz sentir agradecidos pelo dia 8 de Setembro, pela nossa Didinha e pelas mudanças (para uns mais subtis do que para outros) que permitiu nas nossas vidas e nas vidas de outros que também fazem parte da nossa!
É verdade, é complexo o mundo das relações e cada vez que penso nisso mais me convenço que uma grande parte daquilo que sou EU é da responsabilidade dos OUTROS que fazem parte da minha vida!
Interessante pensar nisso (ou como diriam os da RFM "vale a pena pensar nisso"). Obrigada Letinha por me fazeres pensar nisso e pela hipótese de o partilhar em blog!

terça-feira, 27 setembro, 2005  
Anonymous Anónimo said...

Very nice site!
» »

quarta-feira, 16 agosto, 2006  
Anonymous Anónimo said...

Keep up the good work
Prince hall mason stationery accounting jobs at How to resurfacing kitchen cabinets Free debt help durham Asian anal lesbians Buy proactiv solution bookeeping forms free pocket pc accounting software Election bookkeeping services computer science tcp ionamin Online bookcases Calculator home loan mortage rate refinancing32 free small business accounting software Montery cottage rental 360 accounting degree feedback Free software of bookkeeping

quarta-feira, 29 novembro, 2006  
Anonymous Anónimo said...

Enjoyed a lot! Nathaniel sofa Christopher peacock cabinets Www viagra de herbal treatment for rosacea

sexta-feira, 02 março, 2007  

Enviar um comentário

<< Home