2005/11/01

Hoje chorei...

Pelo céu que não matizou minha manhã...

Pelo sol que de mim se escondeu...

Pela nuvem que teimou em escurecer meu coração...

Pelo colibri que esqueceu o seu trinar...

Pela flor que assustada não abriu...

Pelo vento que soprou frio e triste...

Pela semente que desamada não fecundou...

Pela fonte que prometeu secar...

Pelo perfume que sobre mim não espalhou seu doce aroma...

Pela água que não me purificou...

Pelo pão que não comi...

Pelo sorriso que não troquei...

Pelo abraço que não quis sentir...

Pelo beijo que não recebi nem quis dar...

Pela noite que desceu sem me avisar...

Pela estrela que se afastou para sul...

Pela lua que melancólica cheia não cresceu...

Pelo mar que não se enrolou em intimidades...

Pela palavra que atraiçoei sem a cantar...

Pelo silêncio que teimo em deixar reinar.

létinha 1/novembro /2005

61 Comments:

Blogger Cristina said...

letinha

espero que brevemente possas estar por aí com a tua alegria de sempre.

o que quer que seja que te afastou, vai trazer-te de volta mais forte, acredita nisso.

beijinhos minha linda:))

bem vinda

terça-feira, 01 novembro, 2005  
Blogger lazuli said...

letinha..como gostei das tuas palavras..
e agora venho dar-te um beijinho, esperando que fiques por aqui, com toda esta gente que gosta de ti...

terça-feira, 01 novembro, 2005  
Blogger Paula Raposo said...

Às vezes chorar alivia e traz-nos de novo a Paz, e as tuas palavras são belíssimas. E às vezes o silêncio impõe-se...mas é bom que tenhas voltado!! Beijinhos, bom feriado e ânimo!!

terça-feira, 01 novembro, 2005  
Blogger Nelsinho said...

...Eu também chorei!

Pela alegria de voltares,
Com poesia nos brindares,
Nossos espíritos alimentares,
Nossas vidas iluminares...

Sem tua poesia,
Não há fantasia...
A inspiração se esvazia!

Um beijo

Nelsinho

terça-feira, 01 novembro, 2005  
Blogger TMara said...

k bom k voltaste. O poema tem muita tristeza, mas lembra-te k o SOL nace sempre e ilumina o mundo,mm qnd as nuvens o tapam. Sabemos k está lá, para nós,por nós...Bjocas de luz e paz

terça-feira, 01 novembro, 2005  
Blogger Micas said...

O que te atormenta amiga? fico contente por te ter de volta aqui, mas quero-te alegre como e com um sorriso nos lábios. Beijinho grande

terça-feira, 01 novembro, 2005  
Blogger Su said...

que bom este regresso, apesar da tisteza existente ...
td vai melhorar, apesar de não saber qual tormento q paira sobre ti
acredita em ti, na tua força, no nosso apoio moral, acredita e sorri, brincando com as palavras, como só tu bem o fazes
joca maradas cheias de carinho

terça-feira, 01 novembro, 2005  
Blogger dulce said...

Querida Létinha
Hoje choraste, mas amanhã é um novo dia e como tal novas oportunidades se vão abrir para ti.
O sol vai brilhar, os sorrisos vão brotar e há abraços para trocar.
Gostei de ter ver de volta. Fica connosco para partilharmos as tuas palavras e tu as nossas.
Beijo grande

terça-feira, 01 novembro, 2005  
Blogger wind said...

Bem voltada:) Mesmo triste volta para aqui. Desabafas nos teus bonitos poemas, como este. beijos

terça-feira, 01 novembro, 2005  
Blogger Isabel-F. said...

bom te ver de volta....

e quero ver-te com boa disposição...


é para isso que aqui estamos...

beijinhos

terça-feira, 01 novembro, 2005  
Blogger Eli said...

Infelizmente essa sociedade lá fora não nos deixa, por vezes, chorar, por isso chora aqui, porque tens suficientes razões!
:)

terça-feira, 01 novembro, 2005  
Blogger lena said...

não deixes o silêncio reinar, enxuga essas lágrimas e começa a sorrir, amanhã o sol certamente vai brilhar e se brilhar que tenha um brilho especial para ti

um dia cheio de cores para ti e que os teus olhos voltem a sorrir

beijinhos

lena

terça-feira, 01 novembro, 2005  
Blogger terragel said...

SONHOS SONHADOS, é um lindo e significativo texto, nos remete a não deixarmos de fazer o que queremos para não ter que amargar recordações desagradáveis no futuro. De qualquer maneira vou deixar meu rastro para que me faças uma visita.
Bjs

terça-feira, 01 novembro, 2005  
Blogger Julio said...

Que bom que voltou. Senti a falta de suas belas palavras que voltou lindas e tristes...
Um abraço madrinha...

terça-feira, 01 novembro, 2005  
Blogger rajodoas said...

Que a este regresso corresponda uma melhor disposição do que esta revelada.
Com um beijinho do Raul

terça-feira, 01 novembro, 2005  
Blogger reverse said...

Amiga Létinha também eu tenho andado afastada do meu espaço, apesar de espreitar sempre os dos meus amigos dos blogs. Fico feliz que estejas de volta e espero que nos acompanhes por muito tempo.
Beijos.

terça-feira, 01 novembro, 2005  
Blogger Caiê said...

Então, "sonhos sonhados", não me digas que deixaste de sonhar?
Força! Só o estar vivo é, em si, um milagre!

terça-feira, 01 novembro, 2005  
Blogger R/B Estação said...

Tenho andado pela blogosfera, e não é que seja algo bom, mas é sempre comfortável qdo encontramos alguém que com o estado de espirito semelhante ao nosso. Não estamos sozinhos e pintamos aqui as nossas telas nestas linhas. Mesmo que por vezes sejam tão pesado fardo.
Bj.

terça-feira, 01 novembro, 2005  
Blogger adesenhar said...

pela saudade, na ausência da...létinha

:)
bem vinda
:)
bjks

terça-feira, 01 novembro, 2005  
Blogger yatashi said...

querida, deixo te um abraço apertadinho:)****

quarta-feira, 02 novembro, 2005  
Blogger José said...

Bom regresso.
O Sonho comanda a vida.
É sempre um prazer ler-te.
Bjs

quarta-feira, 02 novembro, 2005  
Anonymous Anónimo said...

Olá amiga!
Vim conhecer seu blog e gostei muito dos seus escritos e imagens.Voltarei outras vezes.
Tenha um feriado com muita paz.
Abraços, Vilma

http://meuautoretrato.blogger.com.br

quarta-feira, 02 novembro, 2005  
Anonymous Di said...

Ainda bem que voltaste...e chorar faz bem, limpa a alma :)
Beijinhos*

quarta-feira, 02 novembro, 2005  
Blogger Su said...

gostei das tuas palavras, deixote um jinho cheio de sol

jocas maradas

quarta-feira, 02 novembro, 2005  
Anonymous Anónimo said...

Bem vinda.
O dia, pelo seu significado e pelo clima q se fez sentir, convida à melancolia e tristeza, mas pensa em quem te rodeia e te faz feliz.
por vezes o silêncio é bom, mas não deixes que ele te vença.
BJS
LU

quarta-feira, 02 novembro, 2005  
Anonymous Karol said...

Oh, não chore mais, anime-se. Veja quantas coisas boas a vida nos mostra. Temos dificuldade de enxergar pq sempre queremos mais... mas olhe para quem tem menos e tu verá como tens muito.
Bjos =)

quarta-feira, 02 novembro, 2005  
Anonymous Márcia(clarinha) said...

muito belas palavras,embora sejam desejos de todos,não chore..refaça e as realize!!!!
lindo seja seu dia!!
beijossssssss

quarta-feira, 02 novembro, 2005  
Anonymous Anónimo said...

eu chorei pelo meu Porto que num ganhou bbbbbuuuuuuuuuuuuáááááááá.
um beijo

quarta-feira, 02 novembro, 2005  
Blogger Miguel said...

É de facto tocante aquilo que nos escreve mas, como é possível tanta dor?
Tem um grande blog.Parabéns!

quarta-feira, 02 novembro, 2005  
Blogger Caracolinha said...

Querida amiga, cá estamos nós todos de braços abertos para te receber como tu mereces .... tudo de bom para ti ... beijoquinha ;)

quarta-feira, 02 novembro, 2005  
Blogger Maria Papoila said...

Muito lindo,mas muito triste. De qualquer das formas, convém lembrar que chorar lava a alma.
Espero que a tua alma esteja pronta para um regresso em grande!! Beijo

quarta-feira, 02 novembro, 2005  
Blogger Luís Miguel said...

"...Pelo silêncio que teimo em deixar reinar." Gostei muito desta tua última frase.
.
.
Parabéns pelo teu regresso, Létinha.
.
Beijinho..

quarta-feira, 02 novembro, 2005  
Blogger adesenhar said...

Létinha

pela tua saúde...nada de pressas

pelo que leva o tempo necessário para te recompores...

pelo sim pelo não eu espero... com prazer...

pelos sorrisos que daí virão...

bjks

quarta-feira, 02 novembro, 2005  
Anonymous Menina Lua said...

Amanhã haverá um novo amanhecer...
onde o sol poderá brilhar novamente
um novo dia,
Onde os pássaros poderão cantar
e as flores poderão se abrir...

Deus, na sua infinita bondade, separou o tempo em dias que se sucedem, para que possamos contar sempre com um novo amanhecer repleto de possibilidades infinitas!
Não existe noite que dure para sempre, não existe inverno que não acabe.
É preciso que haja escuro, para que a luz exista.
Neste planeta ainda precisamos dos opostos, e devemos complementa-los, vivenciar a dor e a esperança, a tristeza e a alegria. Mas no fim, no fim seremos todos felizes porque fomos criados para isso, para atingirmos a perfeição e a felicidade, um dia, querida, um dia, viu!
Que amanhã tudo seja diferente!

quarta-feira, 02 novembro, 2005  
Anonymous Betinho said...

Vim no rastro do blog da Mily que indicou o seu e quero dizer que gostei muito do seu blog. Hoje é um dia de reflexão e de orações e espero que seu coração esteja mais em paz. Um afetuoso abraço para você.

quarta-feira, 02 novembro, 2005  
Anonymous Aninha said...

Vim conhecer seu blog conforme a calunguinha recomendou e achei muito bonito tudo o que foi postado aqui. Você escreve muito bem. Não sei qual o problema que aflige você, mas sei que de todos os nossos males Deus tudo vê e toma conta de todos os seus filhos. Tenha fé nele e ele vai ajudar você a sair dessa. Um jinho doce de esperança deixo aqui.

quarta-feira, 02 novembro, 2005  
Anonymous Kaká said...

Existem momentos na vida em que deixamos de perceber as cores e as luzes de todas as coisas, por estarmos mergulhados na dor. Seja qual for o seu problema sei que você está bem assistida pelo nosso PAI e bem acolhida junto dos amigos como a nossa doce Mily (pessoa linda que sempre está por perto quando preciso)e que fez mais do que uma homenagem tão bonita, demonstrou amor por um semelhante. Se cuida, e se fortalece, mas deixa que o PAI cuida de você também. Um abraço de solidariedade pra você.

quarta-feira, 02 novembro, 2005  
Anonymous Maria do Céu Costa said...

Acabei de ler a resposta poética a este seu poema que está postada no blog da "Calunguinha". Bem regressada à blogosfera. beijinhos.

quarta-feira, 02 novembro, 2005  
Blogger lena said...

venho dar-te um beijinho meu e muita força

lena

quarta-feira, 02 novembro, 2005  
Anonymous boxexas said...

Olá Létinha! Vi o teu poema no blog da Milly, e achei preferível comentar no teu blog. Num poema tão lindo, todas as palavras vibram de tristeza, do desacreditar da felicidade e dos momentos em que podemos sorrir. Létinha, todos nós passamos por momentos da vida em que a felicidade parece dissipar-se no ar, como um pó que voa com a brisa agreste... existem momentos em que temos de chorar, em que a tristeza tira-nos o encanto da vida, em que apenas queremos refugiarmo-nos do mundo e esquecer a realidade que existe lá fora. É um direito nosso sentirmos isto, mas não nos devemos afundar em tais sentimentos. Passei pelo teu blog, para tentar confortar-te um pouco, para que acredites sempre que os momentos felizes existem, até na pior das adversidades, e que os sorrisos, mesmo que acompanhados com lágrimas, são parte essencial de nós, da nossa alma, da nossa luz. Eu sei que tens a força necessária para continuar a sorrir, e para continuar a acreditar e a lutar contra este obstáculo, e tu vais descobrir isso mesmo e vais ser uma guerreira fantástica para ti mesma. Se precisares de um conforto, e se eu puder ser um poiso para te apoiar, conta comigo...a sério! Descobre a força em ti, não desistas e sorri, minha linda! Por mais que doa por dentro, tudo irá tornar-se muito mais fácil. Beijo enorme cheio de carinho**

quinta-feira, 03 novembro, 2005  
Blogger JPD said...

Estava a ver que quem choraria seria eu. Não é que cheguei a pensar que tinhas encerrado e partido para outra?!
Choraste porque te sentes emocionada com o regresso...e todos esses argumentos são alibi... Está giro o ptexto, sim. Gostei.
Bjs

quinta-feira, 03 novembro, 2005  
Anonymous Anónimo said...

Letinha, trilhei o caminho da Mily para chegar até você. Fiquei encantada com suas poesias.Acho uma benção poder compartilhar com os amigos suas tristezas e suas alegrias.
"Amigos são anjos que nos deixam em pé quando nossas asas têm problemas em se lembrar como voar..." (Silene B. Ayub)

BENÇÃO MEXICANA

Que o Grande Espírito
Mande a você os seus melhores presentes.
Que o pai Sol e a mãe Lua
Derramem seus raios mais suaves sobre você.
Que os quatro ventos do céu soprem delicadamente em você
E em todos aqueles com quem você divide o coração e o lar.

Beijos, Edna

quinta-feira, 03 novembro, 2005  
Anonymous batista filho said...

Uma beijoca carinhosa e solidária, amiga.

quinta-feira, 03 novembro, 2005  
Anonymous Vania Vasconcelos said...

Olá Létinha...

Vim visitar seu cantinho depois de fazer uma visita à Mily, que colocou um lindo poema seu no Afinidade.

Chego aqui e encontro o mesmo poema, então tomo a liberdade de repetir o comentário que fiz para a Mily, pois foi teu poema que o inspirou.

Seu poema é lindo. Mas de uma beleza triste, decepcionada, sem energia, sem fé. Um poema que olhou todas as belezas do mundo e não as viu. Um poema que pegou parte da criação de um Ser de Amor, e descobriu apenas escuridão, mágoa, dor, solidão.

Sabe Létinha (perdoe-me opinar sem saber o motivo de tanta tristeza - e deve ser um motivo bem real), nossa vida é feita de altos e baixos.

Os altos são momentos onde Deus nos permite respirar com tranquilidade, para fortalecer-nos para os momentos difíceis (os tais "baixos"), os quais todos passamos.

Se teu coração chora, lembre-se que não está só. Há Deus, Pai amoroso, que vela por você. Há teu mentor amigo (anjo de guarda), que jamais deixa de estar ao teu lado, segurando tua mão. Há amigos próximos, que teus olhos vêem, teus ouvidos escutam, tuas mãos tocam.

E há pessoas como eu, que não te conheço, mas que sei que é minha irmã, porque confio no Pai de nossas vidas, e desejo de coração que você supere o que tem a superar.

Seja o que for, saiba que nenhuma dor que passamos será eternamente, e nenhum sofrimento é mais forte que as nossas forças.

Um grande beijo, muita paz!

http://viagensfilosoficas.blig.ig.com.br
http://vitorialuz.blig.ig.com.br
http://tribuna_livre.blig.ig.com.br

quinta-feira, 03 novembro, 2005  
Anonymous Ivana said...

Um poema muito bonito, porem triste, apesar que mostra muita vontade de superar momentos, realmente, este poema me poe a pensar em varias situações, porem em todas elas precebe-se a superação de uma situação anterior, ele cala fundo em nosso coração, dando a chance de saber que existe um amanha e busca-lo nos
deixa mais confiantes de superação interior. Beijos amiga nova, achei seu poema muito significante e me tocou bastante.Beijos no seu coração...

quinta-feira, 03 novembro, 2005  
Blogger Miguel said...

E como numa história de Fadas e com Feitiços Pirlimpimpim ...
Assim Tudo rapidamente aconteceu, pelas 11 h 45 m ...

Querem saber mais?
Visitem o meu Blog ...

Mil Bjks da matilde

quinta-feira, 03 novembro, 2005  
Blogger littlepaul said...

olha quem voltou!!

as lagrimas purificam a alma.

bjs.

quinta-feira, 03 novembro, 2005  
Blogger mfc said...

Lindíssimo com esse requebro muito bem conseguido da repetição do "Pelo..." seguido de expressões que tocam!

quinta-feira, 03 novembro, 2005  
Blogger Carmem L Vilanova said...

Querida amiga... imagino que algo deve haver-te passado por tamanha ausência... espero que estejas bem e espero que possas enxugar as lágrimas, reagir e dar a volta por cima... Cá sentíamos imensa falta de ti, como nao imaginas... és muito querida!
Deixo-te muitos beijos, muitas flores e muitos sorrisos para alegrar o teu dia!

quinta-feira, 03 novembro, 2005  
Anonymous batista filho said...

Ânimo, menina: ânimo!!! Voltaste à lida, isso é bom. Um beijo e votos de muita Luz e Paz!!!

sexta-feira, 04 novembro, 2005  
Blogger Ana said...

Por vezes chorar faz bem à alma... e pode ser também que depois da tempestade venha a calmaria...

jokas

sexta-feira, 04 novembro, 2005  
Blogger Lumife said...

Desejos de um bom fim de semana e o convite para uma visita ao blog "SABIA QUE ...? no endereço http://saberebom.blogspot.com que abre hoje as suas portas com informações úteis para todos.
O "post" de abertura é sobre a DIETA MEDITERRÂNICA.
Lá vos aguardo.

Abraços.

Sempre textos de encantar os teus. Desejo-te tudo de bom.

sexta-feira, 04 novembro, 2005  
Anonymous PAola said...

Vim deixar meu cheiro aqui amiga, ótima poesia, Deus a abençoe. Paola

sexta-feira, 04 novembro, 2005  
Anonymous Anónimo said...

Chorar faz bem...
Mas que seja de preferencia..chorar de felicidade ***

sexta-feira, 04 novembro, 2005  
Blogger Astronauta said...

As lágrimas que saiem purificam o ambiente em que nos situamos, ajudam a reerguer... uma lágrima pode significar imensos sentimentos, mas muitas lágrumas iludem-nos, porque choram tristeza!

Beijos e um sol para secar o rosto de quem chora e fazer brilhar outro olhar!

sábado, 05 novembro, 2005  
Anonymous Cris said...

Saudades tuas, muitas!
Beijo grande.
Estou aqui, tu sabes, à distancia de um "Olá!..."
Até já, Lètinha.
Um beijo e um sorriso.Tua, Cris

sábado, 05 novembro, 2005  
Blogger soportas said...

Cada tolo com a sua mania.
A minha mania é coleccionar portas.
Já tenho algumas.
Vai ver a
soportas

Se te dispuseres a isso, fotografa a tua porta e manda-a para portaseportas@hotmail.com

sábado, 05 novembro, 2005  
Blogger Cristina said...

Bem vinda letinha, voltaste em grande
:)
espero que desta vez fiques mais tempo
:)
beijinhuu

domingo, 06 novembro, 2005  
Blogger Vagabundo said...

Parabens pelo teu regresso... um bj vagabundo pra ti.

Vagabundo

terça-feira, 08 novembro, 2005  
Anonymous Anónimo said...

Where did you find it? Interesting read » »

sábado, 03 março, 2007  
Anonymous Anónimo said...

Best regards from NY! »

sexta-feira, 16 março, 2007  

Enviar um comentário

<< Home