2005/11/23

Minha Companheira...

A noite
É a minha
Companheira…

Secretária
Dos meus
Sonhos…

Minha
Amiga
Feiticeira…

No escuro…
Meu amado
mundo…
…Vejo
Tudo
Que desejo…
…Ouço
fantasiosas
melodias…
…Sinto
requintados
Aromas…
…Provo
Mil
Especiarias…
…Toco
Tudo
Que procuro…

A noite
É a minha
Confidente…

Arca
De doces
Tesouros…

Amiga
Nunca ausente.

25 Comments:

Blogger Carmem L Vilanova said...

Minha querida amiga...
Nao saberia dizer o porque que nao consegues comentar no meu blog... qual é o navegador que usas? Internet Explorer ou Netscape? Às vezes nao funciona bem no Netscape, somente esta seria a explicaçao... se nao consegues, dá um click com o botao direito onde diz para postar no meu blog e clica na opçao "Open as a new Window", ou como seja em português... :)
Bom, mas hoje vim para comentar o teu poeminha... que, como sempre, está lindo... falas bonito sobre a amizade, sobre esta amiga nunca ausente... lindo, lindíssimo, minha querida!
Beijos, flores e sorrisos para ti!

quarta-feira, 23 novembro, 2005  
Blogger maresia_mar said...

Olá minha kida, lindissimo o teu poema, uma ode à amizade e à noite, gosto de ambas.. dos amigos sem os quais não poderia viver e a noite, minha grande conselheira onde a magia das estrelas me ajuda a acordar no dia seguinte.. espero que estejas melhor.. Bjhs

quarta-feira, 23 novembro, 2005  
Blogger Su said...

gostei de ler-te
a noite/ a companhia/ a confidente/ a asusencia
gostei desta mescla de sentir
jocas maradas

quarta-feira, 23 novembro, 2005  
Blogger Dulcineia said...

A poesia pode efectivamente ser uma boa companhia.Ainda mais se a noite fôr de desespero,como tém sido as minhas.

quarta-feira, 23 novembro, 2005  
Blogger Nelsinho said...

Tô com a Carmem...Alguma coisa está funcionando mal para não ser possivel comentar!

Suave pode ser a noite...
Inspirando quem a ela recorre para encontrar palavras de amor, ou de dor por desamor...

Beijos

Nelsinho

quarta-feira, 23 novembro, 2005  
Blogger Luís Monteiro da Cunha said...

Noite... doce companheira, dos beijos furtados, das promessas esquecidas e sempre juradas. Das alegrias e tristezas de minha vida, quantas se passaram sob os olhos da noite, que incólume rasga o fio de minha vida.

Bjinhos

quinta-feira, 24 novembro, 2005  
Blogger JPD said...

haverá melhor do que uma noite assim?!
Bjs

quinta-feira, 24 novembro, 2005  
Blogger soldeinverno said...

a noite é companheira, é confidente, é testemunha do mundo, veste dos sonhos... a noite é uma velha amiga... jinhuz

quinta-feira, 24 novembro, 2005  
Blogger Eli said...

Muito teu!!!
Apareces assim e deixas essas palavras...
Gosto quando se nota quem escreveu!!!

:)

sexta-feira, 25 novembro, 2005  
Blogger Micas said...

É lindo o poema. Desejo que esteja td bem ctg, pareces-me algo triste.
Beijo grande e bom fim de semana

sexta-feira, 25 novembro, 2005  
Blogger dulce said...

Está lindo o teu poema. Espero que tudo vá melhor para ti e que voltes sempre para nos apertares no teu abraço.
Beijos grandes

sexta-feira, 25 novembro, 2005  
Blogger TMara said...

a noite, amiga fiel epresente.Bom f.s. bjs e ;)

sexta-feira, 25 novembro, 2005  
Anonymous Mily said...

A noite é realmente uma companhia que mistura seus mistérios aos nossos e nos conduz por uma madrugada que abriga sonhos e verdades, esperanças e desilusões, dores, amores e fracassos. Há de tudo na noite, que às vezes nos chega cálida e mansa, sem exigências, sem cobranças, e nos cobre com seu manto aveludado... apenas nos cobre, e nos embala em doces sonhares. Um beijo carinhoso pra ti, meu anjo, com os votos de um final de semana resplandecente de amor.

sábado, 26 novembro, 2005  
Anonymous Anónimo said...

A noite é minha algoz...quem dera eu pudesse dormir antes que ela chegasse...

te beijo.

nefertari

sábado, 26 novembro, 2005  
Anonymous Karol said...

A noite é mesmo uma ótima amiga...
Tenha um bom fds, bjos =)

domingo, 27 novembro, 2005  
Anonymous mar said...

Acho q de um modo ou de outro a noite é companheira de nós todos...
Beijose boa semana

segunda-feira, 28 novembro, 2005  
Anonymous Anónimo said...

Está lindo este poema o que não é de admirar vindo de quem vem. São estes poemas curtos, mas profundos que nos fazem pensar.
A noite é realmente o momento que podemos dar largas à nossa imaginação, fazer projectos, sonhar, ouvir..., sem que nada nem ninguém nos interrompa, sem o stress dos afazeres diários que muitas vezes já se fazem instintivamente.
Bjs
Lu

segunda-feira, 28 novembro, 2005  
Blogger matilde said...

Ai a Noite ...

Bjks da Matilde

segunda-feira, 28 novembro, 2005  
Blogger Vagabundo said...

A noite... a noite, fonte de loucuras e pensamentos!!!!sempre a noite!!
Fica bem
Vagabundo

segunda-feira, 28 novembro, 2005  
Blogger Cakau said...

Eu adoro a noite. É nela que me perco e me reencontro :) *

Beijinhos e boa semana *

terça-feira, 29 novembro, 2005  
Blogger margusta said...

A noite...cheia de mistérios e encanto...
A noite tem magia...

Lindo o teu poema

Beijinhos.

terça-feira, 29 novembro, 2005  
Blogger maresia_mar said...

como estás??? Tenho saudades.. Jinhos

quarta-feira, 30 novembro, 2005  
Blogger Lumife said...

Luto com o Tempo, que me não dá tempo, para em oportuno tempo vos visitar.
Por isso venho, reconhecidamente, agradecer aos que passam e comentam nos meus blogs.
Também quero saudar os que, talvez como eu, não tenham tempo para me visitar.

Um beijinho

quarta-feira, 30 novembro, 2005  
Blogger Joaquim said...

Gostei, muito.
Beijos
Joaquim

sexta-feira, 17 fevereiro, 2006  
Anonymous Anónimo said...

Keep up the good work »

sexta-feira, 23 fevereiro, 2007  

Enviar um comentário

<< Home